fbpx

O Curioso Caso do Livro de 7 Milhões de Dólares

 

Outro dia fui comprar um livro. Era de ocultismo. Não comprei o livro. Ele custava sete milhões de dólares. Eu só tinha cinquenta dólares na carteira.

Preciso explicar a razão desse preço. Na verdade, pareceu-me até que o livro era barato. A capa era do couro do cavalo de Gengis Khan – com manchas do sangue do próprio. As letras da capa em ouro nobre e também eram adornadas com safiras e rubis. O papel da mais incrível gramatura era feito da fibra de uma árvore que fora plantada pelo próprio Merlin e que depois de derrubada enfeitava a nave da Abadia de Westminster. As ilustrações todas eram tatuadas com tinta mágica em pele de criminosos condenados à forca pela inquisição Espanhola. Para completar, de brinde você ganhava uma foto de nu frontal de Gerald Gardner dançando a Macarena.

Realmente são muitos tesouros. Fico pensando se não deviam cobrar 10 milhões ao invés de 7.

E o conteúdo?

O conteúdo? Ah, quem se importa. Aparentemente era um livro no qual um desses caras que posta umas fotos legais no Instagram e no Facebook escreveu sobre alguma coisa que já falaram mil vezes. Total de trinta e duas páginas, fonte 22 e espaçamento 2 cm. Bem confortável de se ler. Entretanto, eu não li o livro físico, é claro. Não se pode nem abrir um livro desses para olhar. Vi umas três fotos no site do autor e decidi que ficaria bonito na minha estante. Todos estamos precisando de estantes bonitas para aparecer no Zoom.

Hoje caiu o PDF na internet. Obviamente PDF não vai para a estante. Assim, não interessam as safiras, o couro do Gengis Khan ou o fitilho feito da língua de Margaret Thatcher, pois nada disso aparece no PDF. Enfim, baixei o tal PDF e fui ler. Descobri que o livro fala sobre a vida sexual das fadas e fiquei intrigado em aprender que as fadas não fazem sexo. Fim do livro.

Na internet, o editor reclama da dificuldade do mercado. A loja vive às moscas. O livro da vida sexual das fadas vendeu apenas 100 cópias das 110 que foram feitas – edição limitadíssima. A editora está prestes a fechar. No PDF reparei diversos erros de digitação e outros de gramática (mesmo que Inglês não seja a minha primeira língua).

 

Nada se salva, Eduardo?

Para não dizer que foi tudo em vão, fiz o ritual para saber quem é minha fada madrinha. Acontece que, como estava avisado no livro, o ritual só funciona mesmo se você tiver um ossinho de asa de fada. O problema é que esse ossinho só vinha na edição mais limitada ainda. Essa custava 15 milhões de dólares e vendeu somente 10 das 12 cópias que foram produzidas.

Ai de mim que fiquei sem livro, sem fada madrinha e com um PDF inútil ocupando 3.5 MB do meu disco rígido.

 

 

*Imagem de capa: Lindau Gospels. Imagem retirada de: https://www.atlasobscura.com/articles/medieval-luxury-books-pearls-jewels-gold-silver-manuscript-covers

**Imagem do livro aberto: Marcus Spike no Pixabay.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *