Arquivos de Categoria: LITERATURA

O Desgraçado do Padre Benedito

O desgraçado do Padre Benedito Enquanto o ônibus sacudia pela estrada que me levaria à maldita cidade na qual estou preso agora, meu sono era assombrado por pesadelos tão medonhos que me recuso a dividi-los.  Nunca acreditei em premonições. Talvez apenas no caso de santos. De toda a sorte, estava e cada vez mais, estou […]

Obscure

A passos largos rumei para a grande caverna, onde estariam os supostos “Corrupted”, a banda do Japão. Fui para o Japão para finalmente conhecê-los. Até que cheguei na entrada, um pouco trêmulo e percebi pegadas grandes, trilhas formadas por algo pesado arrastando no chão, espalhando algumas pedras. As marcas na parede eram estranhas, um momento […]

Maledictum (parte 1)

  Meus passos ecoavam à medida que caminhava pelo beco úmido. O sereno trazia um ar cortante que me chicoteava o rosto, umedecia meus cabelos e queimava meus pulmões. Eu podia ouvir a fúnebre sinfonia da noite uivando enquanto eu procurava um local que me fosse meramente familiar; um deja-vu, uma visão concedida pelos espíritos […]

Apagão

Eu não sou um cara cagão. Nem pra filmes de terror, nem pra barulhos no meio da noite, nem mesmo pra escalar montanhas ou pegar o controle remoto quando o gato resolve deitar em cima (odeio gatos, minha mão é sempre um alvo fácil). Até hoje eu não sei se o meu medo da chuva […]

Aconteceu no nosso lar

Esses malditos barulhos estão me enlouquecendo. Mas uma coisa seria se fosse só a mim, agora encher os ouvidos da minha esposa com toda essa baderna de móveis se arrastando e louças balançando dentro de caixas… Bom, isso tem deixado a June louca. Eu já estou farto desses vizinhos. Acho que nunca uma mudança foi […]

A noite na qual fiz minha própria morte.

No jazigo, meu nome em letras douradas e uma foto particularmente inspirada minha são as únicas coisas que consigo enxergar. A escuridão do cemitério misturada à dormência que toma conta do meu corpo não me deixam perceber os detalhes da tumba. Encosto as mãos no mármore e tomo um susto. Não sinto o gelado da […]

Mark Twain e as Cartas da Terra

Hoje estou publicando um material mais extenso, mas garanto que a leitura oferecerá algum insight necessário aos nossos tempos de necessárias reflexões sobre os ideais de masculinidade e feminilidade. Provavelmente você já tenha lido “As Aventuras de Tom Sawyer” ou “As aventuras de Huckleberry Finn”, mas talvez nunca tenha ouvido falar de Samuel Langhorne Clemens, […]

Lovecraft: Horror, Intolerância e Magia

“Ph’nglui mglw’nafh Cthulhu R’lyeh wgah’nagl fhtagn”. (Diga isso três vezes encarando seu reflexo em uma bacia de água numa sexta-feira à noite e depois vá dormir. Boa sorte com seus sonhos). Howard Phillips Lovecraft (1890-1937) foi uma figura ímpar. Um escritor considerado medíocre por muitos, um homem certamente racista e um cético assumido, ele escreveu […]

Re-contando um novo feminino

Sempre tive grande interesse nos “contos de fadas”, ainda que sejam muito subestimados ou ignorados pela maioria nestes tempos de pouco interesse em leitura e grande influxo de informações. Esta forma de narrativa existe desde que a humanidade se sentava à beira da fogueira, e por muito tempo se manteve como uma tradição oral. Tecnicamente, […]

O Mistério da Escrita

Uma ótima maneira de se começar um texto é pelo começo. É quando a gente finge estar no comando da situação, imunes a própria busca que move o ato de escrever. Ignora-se, na maior parte das vezes, o fato de que a simples posse do fio jamais garantirá a existência da meada. Sempre me faltam […]