fbpx

Arquivos de Categoria: BRUXARIA

Top 5 ervas de banimento

1. Alho Nome científico: Allium sativum L. Regência: Saturno/Marte. Associada aos signos de Capricórnio e Libra, o alho segundo Paracelso, em sua obra Botânica Oculta, diz que para preservar-se de todo malefício, colhem-se sete alhos na hora de saturno, entrelaça-se num barbante de cânhamo e os carregam pendurados no pescoço durante sete sábados e ficar-se-á […]

O Ofício do Feiticeiro

É comum que me perguntem como funciona meu trabalho mágico com São Cipriano, especialmente porque em meus escritos eu sempre deixo claro o caráter não-histórico desse personagem. Entretanto, um caráter histórico firme nunca foi necessário para a descrição de uma entidade mágica, como fica claro, por exemplo, nas lendas sobre a Rainha das Sete Encruzilhadas, […]

Deus, Deusa, deuses… Para que mesmo?

Diz-se que a crença numa força criadora superior é algo codificado em nosso DNA. Que sempre tenha sido assim a partir do momento em que o ser humano observou fenômenos que ele não conseguia explicar. Deuses que justificassem a fúria dos raios, dos vulcões, dos terremotos, desertos e furacões. Deuses que tivessem piedade dos humanos, […]

Divididas e conquistadas: a bruxaria dentro da cristandade

Vivemos em uma era no mínimo interessante, de necessária turbulência social combinada com um sentimento apocalíptico. Nunca tivemos tantas informações combinadas com tanta velocidade. E como tudo chega para a rápida digestão de um público ávido por novidades, há pouco tempo e pouca disposição para se fazer uma pausa. O julgamento é rápido e desatento […]

Ensaios: O louco e o caminho da bruxa

A autoconfiança é uma visita inesperada que bate à sua porta vez ou outra em determinados momentos da vida. Ela é aquela certeza inabalável sobre a nossa capacidade de concretizar algo, seja por meio do encantar o ao redor, seja através do tecer de um feitiço. Ela é aquela voz que ao fundo sussurra “você […]

Visões de uma Apoteose

O Transe é o animal que precisa ser dançado, é a serpente que vagueia da terra, e ascende ao mastro em chamas. Dançar a morte, ouvir os sons das correntes, bailar conforme a fumaça o fumo e o incenso, deleitar-se na neblina. Fale, brinque com ela! Trançando, dobrando, enovelando! Eles nos observam por além do […]

Um vislumbre na encruzilhada

Olhei através do globo e, cristalino, ele refletiu. Vi não foi o turbilhão de luzes distorcidas, as sombras de esquinas passadas ou a fome do que o destino reserva adiante. Escutei o sussurro dos fantasmas e experimentei a ressurgência das brumas de eras passadas. Eu contemplei o espírito do teu tempo. Eu contemplei o próprio […]

Sobre a Ancestral que há no lar

Eu peço a atenção de toda a sagrada descendência, nobres e modestos filhos de Heimdall; eu fui requisitada, Pai dos Mortos,para bem narrar os antigos acontecimentos do mundo.¹ Aos 10 anos de idade minha imagística da bruxaria se resumia aos cultos domésticos em volta do fogão à lenha ou cozinha. Claro que não era tão […]

Spoken Word: A primeira vez

A primeira vez que eu te vi meu coração parou.  Pensei comigo mesmo, por onde você andou?  Por que demorei tanto tempo pra perceber quem você era?  Por que sofri tanto por tanto tempo à procura e à espera?  De alguém como você, feito, perfeitamente, pra mim.  Penso que talvez haja felicidade no fim.  A […]

Ensaios: feitiçaria no Japão medieval

Essa com certeza foi uma das pesquisas mais difíceis que eu realizei nos últimos tempos. Um dos motivos é porque essa prática não consta em referências modernas. Ela foi muito popular na era imperial tendo até mesmo o seu espaço no campo dos ministérios japoneses, mas caiu no esquecimento por conta de restrições jurídicas do […]